Perfil

EUNÍCIO OLIVEIRA. Agropecuarista, foi três vezes Deputado Federal, foi Ministro das Comunicações (2004/2005) no Governo Lula, e ex-líder do PMDB na Câmara dos Deputados (2003). No último dia 3 de outubro, Eunício conseguiu mais uma vitória. Com quase 2,7 milhões de votos, ele foi  o Senador mais bem votado em toda história política do Ceará. Foi graças ao seu desempenho de destaque na Câmara dos Deputados e no Ministério das Comunicações do Governo Lula que  Eunício foi avaliado e reconhecido nas urnas pelos cearenses. Ele é aliado ao governo do presidente Lula e foi um dos  responsáveis pela expressiva vitória da presidente eleita, Dilma Rousseff, no Ceará.

PMDB

Em 2008, Eunício foi reconduzido à Presidência Estadual do PMDB-CE, quando teve seu nome aclamado poeunicio_1r unanimidade para continuar os trabalhos frente à legenda, no Biênio 2009/2010 no estado. Ainda em 2009, foi reconduzido ao cargo de Vice-líder do PMDB na Câmara.
Eunício está há 40 anos filiado ao mesmo partido. Ele começou em 1972 no antigo MDB que, extinto em 1981, originou o PMDB. Eunício Oliveira, 57 anos, iniciou em fevereiro de 2007 o seu terceiro mandato como deputado federal, quando foi eleito pelo Ceará com mais de 240 mil votos, sendo o segundo parlamentar mais votado no estado.

A trajetória eleitoral demonstra que o povo cearense deu a Eunício uma crescente votação: 98 mil votos em 1998, 112 mil em 2002, e 240.500 em 2006. Em 2010, Eunício aceitou uma nova missão e tornou-se o senador mais bem votado em toda história do Ceará, com a preferência de 2.688.833 eleitores.

Incluído entre os 32 parlamentares de todo o país (no total a Câmara é composta por 513 deputados) que se elegeram sozinhos, atingindo o chamado quociente eleitoral, Eunício Oliveira foi o deputado mais votado de seu partido e o segundo da coligação (PMDB, PC, PC do B e PHS) que, nas eleições de 2006, elegeu Cid Gomes governador do Ceará e deu ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, proporcionalmente, a segunda maior votação (82%) no Estado. A expressiva votação obtida pelo deputado viabilizou votos para outros candidatos eleitos pela coligação, e ampliou o número de deputados federais do PMDB na bancada cearense.

O resultado das eleições de 2006, e principalmente de 2010, reflete o trabalho que Eunício Oliveira vem desenvolvendo em Brasília desde que decidiu se afastar da iniciativa privada para entrar na vida pública. Sempre presente em plenário, especialmente na votação das matérias mais importantes da Câmara, ele tem seu trabalho reconhecido por agir nos principais eixos que fazem parte da atuação parlamentar. Desenvolve reconhecido papel como articulador político na defesa das questões nacionais e regionais. Como relator para a área de infra-estrutura na Comissão Mista de Orçamento, por exemplo, levou o Governo Federal a destinar mais de R$ 90 milhões para Complexo do Castanhão, no Ceará, além de recursos para outras obras importantes para todo o Nordeste; e, pelo volume de projetos de lei e participação nas comissões temáticas da Câmara, é considerado como um dos mais atuantes. Teve participação destacada, como membro titular, nas Comissões de Ciências e Tecnologia e Comissão Mista do Orçamento.