Eunício anuncia R$ 1,7 bilhão em obras do programa Avançar no Ceará

O estado do Ceará vai receber cerca de R$ 1 bilhão em obras a serem entregues até o próximo ano. São ações em diversas áreas que estão em andamento, mas que não tinham perspectiva de conclusão. Trata-se do programa Avançar, que, segundo o presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (PMDB), vai contemplar todo o estado, independentemente de quem sejam os entes responsáveis pela execução dos projetos.

Eunício confirmou os investimentos em entrevista a Alex Santana, da Rádio Jornal e portal Iguatu.net, concedida neste sábado, em Lavras da Mangabeira. Somente no município de Iguatu, no Centro Sul cearense, obras avaliadas em cerca de R$ 2,5 milhões serão entregues até 2018. São ações como Centro de Ação Psicossocial, Centro de Iniciação ao Esporte, Centros de Arte e Esportes Unificados, Quadras Esportivas nas Escolas.

O prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor, a deputada Miriam Sobreira e o secretário Marcelo Sobreira estiveram reunidos com Eunício na última quarta-feira, em Brasília, ocasião em que debateram projetos para o desenvolvimento do município.

“O exercício do mandato parlamentar não pertence a um grupo político, pertence à sociedade. Sou o político mais votado da história do Ceará, e tenho aproveitado essa oportunidade dada por Deus, o destino e especialmente o povo do meu estado para ajudar os nossos irmãos sofridos”, sustentou o presidente do Senado.

Eunício aproveitou a entrevista para prestar contas das conquistas que tem obtido em favor dos cearenses, tais como recursos para infraestrutura hídrica, a exemplo da Transposição do São Francisco, Cinturão das Águas, adutoras e açudes, obras e custeio da saúde, renegociação das dívidas de produtores rurais prejudicados pela seca, criação de novas faculdades de medicina e Institutos Federais de educação no interior.

O senador disse ainda que o Congresso Nacional fara um esforço concentrado para apreciar projetos voltados a proporcionar segurança pública para a população, tendo na sequência a disposição de fomentar a retomada da economia, de modo a permitir a geração de emprego e renda para a população.

Sobre perspectivas para as eleições do próximo ano, Eunício afirmou que ainda não formalizou nenhuma aliança. Questionado sobre as ações conjuntas que têm firmado com o governador Camilo Santana e com o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, o presidente do Senado disse que o momento é de convergência administrativa, mas não descartou uma aliança política no futuro.

“Temos feito uma parceria em prol dos interesses do estado. Se avançar para uma aliança política, quem vai ganhar não vai ser Camilo, não vai ser o Eunício. Quem vai ganhar é o estado do Ceará, porque terá aqui um governador e um presidente de um Poder que tem condições de carrear os recursos para melhorar a qualidade de vida do povo cearense”, defendeu.